quinta-feira, 27 de novembro de 2008

I MOSTRA SUBÚRBIO EM TRANSE


Vem a í a I MOSTRA SUBÚRBIO EM TRANSE DE CINEMA SUBURBANO.

domingo, 16 de novembro de 2008

Nos dias 18 e 19 de novembro, nós do cineclube Subúrbio em Transe estaremos realizando uma oficina no colóquio de 150 anos de Subúrbio.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Cine henrique


No dia 01/11/2008 o cineclube Subúrbio em Transe abre espaço para a escolha do público, representado pelo cinéfilo e participante assíduo do cineclube desde a sua fundação Henrique, que fez a curadoria para a póxima exibição. No cineclube Subúrbio em Transe quem manda é o público.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Dias das Crianças

O público assiste ao debate.
O debate com tatiana e Luiza ao microfone.

As realizadoras e as crianças.


Dia 11/10/2008 foi exibida a já tradicional sessão especial do Dia das Crianças, com filmes totalmente dedicado ao universo infantil. Uma das produções exibidas "A turma dos Planetas - episódio 9. Posso ser um Planeta?" foi totalmente realizada por uma menina de 8 anos, que já é a cineasta com mais filmes exibidos no Cineclube. Quem é freqüentador do Subúrbio em Transe, já sabe que estou me referindo a minha filha, Laura Lima, que já exibiu no Videofórum do Festival do Rio de 2007 e 2008, no Animamundi 2008, no festival infantil de Florianópolis, entre outros.






Também foi exibido a animação "No tempo das Cavernas" da família Lage. O personagem principal do livro: Zé Rupestre encantou o público com suas histórias sobre a pré-história.






Além da exibição destes filmes, contamos com presença da Roteirista e Escritora e Produtora Luiza Leite e da Ilustradora e Design Gráfica Tatiana Poldlubny que estiveram presentes para o debate após a sessão que também contou com o curta "A festa que caiu do céu", que contou com o reteiro da Luiza e com o design dos créditos da Tatiana. O debate com as crianças foi muito bom. Perguntas é que não faltaram. Todas foram respondidas com muita simpatia pelas realizadoras. No final houve sorteio do livro: "A fada inflada". A Laura já leu e recomenda. Leia também o post sobre a exibição no blog do livro. Quem quiser pode comprar o livro através do blog.












domingo, 28 de setembro de 2008

subúrbio em transe

Debate com Paulo Silva.
Paulo Silva e Júlio Pecly recebendo as camisas
do Subúrbio em Transe.

O debate.
Final do debate.


Sábado, dia 27/09/2008, dia de São Cosme e São Damião houve mais uma sessão no cineclube Subúrbio em Transe. Foram exibidos alguns curtas do Festival Visões Periféricas.

Os realizadores do curta "Crônica de um fato comum": Júlio Pecly e Paulo Silva estiveram presentes para o debate.

Valeu pela presença de todos.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Sábado, dia 27/09/08 é dia de Subúrbio em Transe

Esperamos a presença de todos no cineclube Subúrbio em Transe. Estarão presentes para o debate Paulo Silva e Júlio Pecly, diretores premiados no festival do Rio e no Cine Cufa com o filme 7 minutos. No festival Visões Periféricas eles foram premiados com o filme Crônica de um fato real.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Novo site do Alma Suburbana

Olá pessoas, acabei de publicar. O site é novo, mas o endereço é o mesmo:
http://www.almasuburbana.com/.

Por ora é só.
Até a próxima,

domingo, 21 de setembro de 2008

Festival no e de Subúrbio

Finalmente vi o documentário "Não quero falar da chacina", de Antônio Ernesto. Gostei muito. As entrevistas são muito afetivas com relação ao lugar. No caso do filme os bairros de Vigário Geral e Jardim América são vistos com o olhar dos moradores que se mostram críticos não só quando o assunto é violência, mas principalmente com relação à falta de investimentos em educação, saúde, infra-estrutura e todos os temas que a grande mídia não aborda. Parabéns Antônio Ernesto e equipe pela sensibilidade e coragem de tocar nos assuntos que realmente interessam à população.

Além do filme, o debate foi estimulante. Muitos assuntos foram discutidos, como educação, violência, politicagem, bastidores do filme entre outros.

Foi levantada, durante o debate, a idéia de se fazer um festival de e no subúrbio. Esta idéia não é nova. Muitos estão pedindo. Na exibição do "Alma Suburbana" no Ponto Cine se cogitou a mesma idéia. Muitos, quando vão ao cineclube Subúrbio em Transe sugerem a mesma coisa. Chegou a hora de nos organizarmos.

Cinéfilos, cineclubistas, pessoas críticas, enfim suburbanos uni-vos.

Vamos realizar já o festival em nossa área, em nosso território, com os nossos filmes, com a nossa gente. Enfim, é urgente uma organização para este festival.
Nós do cineclube Subúrbio em Transe, sempre que possível exibimos os nossos filmes. Mas a produção já está muito grande, precisamos ampliar o espaço.
Contamos com a participação de todos.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Crítica do Carlos Alberto Mattos

Oi gente passei rapidinho apenas para deixar o link do DocBlog.
Já sabem: leiam, opinem. Estamos abertos à criticas e sugestões.

Ei-lo: www.oglobo.com/blogs/docblog.

Por ora é só.
Até a proxima!

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Entrevista no site do CineCufa

Oi gente, segue o link :
http://www.cinecufa.com.br/in.php?id=entrevistajoana
Deem uma olhada.

Por ora é só,
Até a próxima!

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

CineCufa

Oi gente passei rapidamente para lembrar da exibição no CineCufa:
Data:16/09 (terça)
Horario: 18h
Local: CCBB(Centro Cultural Banco do Brasil)-Rua Primeiro de Março,66. Centro-RJ

Por ora é só,
Até a próxima.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Visões Periféricas



Quem está à margem? Quem está no centro?
O Festival Audiovisual Visões Periféricas chega ao seu segundo ano, firmando-se como um espaço de exibição e debates da produção audiovisual realizada nas múltiplas periferias do Brasil. O número surpreende: 250 filmes inscritos a partir de ONGs, coletivos e iniciativas pessoais das cinco regiões do país. Essas produções formam um painel representativo de uma diversidade cultural brasileira que estamos pouco acostumados a ver no cinema ou na TV.” Citação tirada do site http://www.visoesperifericas.org.br/

O que é Periferia?
Relativizando. Para ter uma noção de periferia, primeiro precisa-se saber onde esta o centro. Para mim, centro é o onde eu tenho as principais relações sociais, onde eu vivo, convivo e moro, onde estão família e amigos. Isso é o Centro. Periferia é tudo que esta em torno (ou a margem) do centro.

Semana passada aconteceu o “Festival Visões Periféricas”, o qual eu tive o prazer de participar como jurado. Como realizador e exibidor do Subúrbio em Transe fiquei muito feliz em ver trabalhos tão diversificados e de boa qualidade feita por pessoas (na grande maioria jovens) ainda em formação.
Sempre tive a consciência que essas oficinas de audiovisual são mais do que apenas dar uma câmera na mão de um garoto e ensinar algumas técnicas só para tirá-lo do ócio (da rua como a maioria fala). É formar cidadão, criando consciência para fazê-lo pensar no que faz e no que pode fazer, é também formar artistas sensíveis ao mundo a sua volta e aos diversificados modos de vê-lo.

Aproveitando... Dia 27 de Setembro, Sábado, o Cineclube Subúrbio em Transe exibira alguns do filmes exibidos no festival numa parceria ASCINE-RJ/Visões Periféricas.

Sábado, 27/09/08, às 16h

CINECLUBE SUBÚRBIO EM TRANSE
Parceria ASCINE-RJ / Visões Periféricas 2008
Mostra Audiovisual Visões Periféricas 2008CASARTI – Rua Ponta Porá, 15. Vista Alegre.Entrada Franca.
“788”, de Fiell e Bruno Thomassin
“Cidade Cinza”, da Associação Imagem Comunitária
“Foto em Branco", de Bruno Bralfper e Caio Ferreira
“A beleza do meu lugar - João do Pife”, de Ricardo Santana
“Polícia e Ladrão”, de Flávio Martins
“A Bola“, de Emerson Muzeli
“As aventuras de agente 77, Os cinco atos” , de Cacau Amaral

Abraços a todos,

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Fórum de Experiências Populares em Audiovisual 2008

O movimento de audiovisual nas periferias é altamente plural e atravessado por características as mais variadas possíveis, dependendo da faixa etária, região, metodologia e mesmo do que se entende por periferia no Brasil. Desde junho de 2007 ele vem se aglutinando em torno do Fórum de Experiências Populares em Audiovisual ou simplesmente FEPA. Por ser um Fórum ainda em vias de construção, seria muito precipitado definir objetivamente o que ele é, mas isso, ao contrário de ser um problema, é sua principal virtude. O FEPA está sendo construindo de baixo para cima, tentando mobilizar experiências de audiovisual nas periferias de todo o Brasil para discutir o que vem a ser esse movimento, como ele pode contribuir de forma articulada para a construção de políticas públicas no setor audiovisual.
Não é um esforço simples devido à heterogeneidade das experiências, mas é um esforço necessário para que esse movimento tenha impacto global nas estruturas de comunicação do país. Mesmo com tão pouco tempo o FEPA já conseguiu produzir uma carta de recomendações e reivindicações que chegou até a secretaria do audiovisual do Ministério da Cultura. O resultado foi um convite da secretaria para que o Fórum ocupasse uma cadeira no Conselho Consultivo da SAV e o lançamento de um edital de produçã o para alunos e ex-alunos de projetos sociais com foco na formação em audiovisual. Em agosto de 2007, em encontro realizado na Mostra Kinoikos, chegou-se a um consenso preliminar do que é o Fórum e sua missão:

Quem é parte integrante do FEPA?


Organizações Não Governamentais, Pontos de Cultura, Coletivos Populares que desenvolvem atividades na área de formação, produção e exibição audiovisual.

Sua missão: refletir sobre a atividade dessas experiências e contribuir para a criação de políticas públicas e privadas com o objetivo de ampliar o seu potencial transformador e democratizante. Seus três braços: 1 – fomento à produção e exibição da produção popular; 2 – profissionalização e geração de renda para jovens formados em oficinas e cursos populares de audiovisual; 3 – educação audiovisual.

Neste ano, o Encontro 2008 do FEPA reúne coordenadores, alunos e ex-alunos de 11 estados para prosseguir avançando em sua organização e na criação de políticas públicas para o audiovisual. Ele também vai contar com a participação de representantes da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas e o Conselho Nacional de Cineclubes.
Para participar do Fórum preencha a ficha de inscrição e envie para o e-mail: contatoARROBAimaginariodigital.org.br

(Informações tiradas do site http://www.visoesperifericas.org.br/)

domingo, 31 de agosto de 2008

Alma Suburbana no Visoes Perifericas (06/09) e no CineCufa (16/09)

Olá pessoas, tenho várias sobre o Alma Suburbana, mas vamos por partes ;)

1) Além do Alma Suburbana, temos agora o "Buraco na Matriz", resultado de uma compilação de parte do material do "Alma", de quase 30h no total. o "Buraco na Matriz", como o titulo infere discute a ideia da criação de focos de resistencia cultural e politica em relaçao ao suburbio, dai ele ter enfoque politico mais latente e pungente do que o Alma, que é "mais light" embora renda discussões nesse sentido.

2) O Alma Suburbana foi convidado para o Festival Visões Perifericas, de 03 a 07 de setembro na Caixa Cultural. Nele, além desse filme estarão também o Buraco na Matriz e o Subúrbio no Trem (direção e produção do Hugo Labanca, co-diretor do Alma). Lembrando que todos serão exibidos em mostras não-competitivas e que o Leonardo Oliveira, co-diretor do Alma, será jurado.

3) O Alma Suburbana foi selecionado para o Cinecufa, no CCBB, entre os dias 09 e 21 de setembro.


Agora sim, vamos às programações por data:

Visões Periféricas, mais detalhes em: http://www.visoesperifericas.org.br

*04.09 (quinta-feira)

15 às 16h – Cinema da Gema 1
Buraco na Matriz

*06.09 (sábado)
14:30 às 16h – Alma Suburbana,

* 07.09 (domingo)

15:30 às 17h – Cinema da Gema 3
O subúrbio no trem

Cine Cufa. Mais informações em http:/www.cinecufa.com.br
*16.09 (terça)

18h- Alma Suburbana

Por ora é só,
Até a próxima.

sábado, 30 de agosto de 2008

Festival Visões Periféricas

No Próximo sábado dia 06/09/2008 o filme "Alma Suburbana" será exibido no festival Visões Periféricas na Caixa Cultural. Também serão exibidos os curtas "Buraco na Matriz" e "Subúrbio no Trem". Confiram a programação no site do festival:

http://www.visoesperifericas.org.br/visoes/node/7

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Próxima exibição no cineclube Subúrbio em Transe

Todos estão convidados para a próxima sessão do cineclube Subúrbio em Transe no dia 30/08/08.

Até lá.

sábado, 16 de agosto de 2008

Alma Suburbana no CineCufa

Olá pessoas, depois de algum tempo sem aparecer aqui venho dar uma notícia:

O nosso Alma Suburbana foi selecionado para o CineCufa.
A exibição será dia 16/09 (terça-feira) às 18h no CCBB-Rio.
Rua Primeiro de Março, 66. Centro.

Mais informações em http://www.cinecufa.com.br/

É isso ai, sempre em frente.

Ate a proxima.

Alma Suburbana no CineCufa

Olá pessoas, depois de algum tempo sem aparecer aqui venho dar uma notícia:

O nosso Alma Suburbana foi selecionado para o CineCufa.
A exibição será dia 16/09 (terça-feira) às 18h no CCBB-Rio.
Rua Primeiro de Março, 66. Centro.

Mais informações em http://www.cinecufa.com.br/

É isso ai, sempre em frente.

Ate a proxima.

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Aniversário do Subúrbio em Transe






Gostaria de agradecer a todos que participaram direta ou indiretamente da História do Cineclube Subúrbio em Transe neste 1 ano de existência.

"Um filme pode mudar o mundo sim, porque o mundo somos nós" (Eryk Rocha.)

Vejam as fotos do aniversário do cineclube.

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Aniversário de 1 ano do Subúrbio em Transe


Convidamos todos aqueles que apreciam um cinema de qualidade para a comemoração de 1 ano do cineclube Subúrio em Transe no próximo sábado. O cineclube conta com a parceria da CASARTI, Casa do Artista Independente. O cineclube conta ainda com o apoio fundamental da Padaria e Confeitaria Vila e do Restaurante e Pizzaria Rommano.

quarta-feira, 2 de julho de 2008

domingo, 29 de junho de 2008

Eu carrego um cinema dentro de mim

Hugo Labanca, diretor do filme "Casarti e a comunidade" no debate.

A continuação do debate.

Enquanto isso...


Flávio abre o debate.


A galera do Subúrbio.


Foi um sucesso a exibição dos filmes no cineclube Subúrbio em Transe do dia 28/06/2008, sábado. Foi exibido o filme De Eryk Rocha: "Geraldo Sarno: Eu Carrego um Cinema dentro de mim". Este filme teve uma grande comunicação com o público amante do cinema, pois tanto o entrevistado - Geraldo Sarno, um dos grandes diretores do cinema nacional - quanto o diretor do filme - Eryk Rocha, cineasta que vem se destacando ultimamente com filmes ricos visualmente e repletos de poesias - são realmente apaixonados pelo cinema. Este foi o tema do debate que contou com a participação de Marcos Damag - Diretor do curta "Noite", também apresentado no dia -e Hugo Labanca, diretor do curta "Casarti e a comunidade" filme surpresa do dia. A mesa de debate teve a participação de Flávio Lima e Henrique, assíduo freqüentador do cineclube. Os três filmes apresentados mostraram terem várias coisas em comum, mais uma delas chamou a atenção de todos: O amor e a perseverança em fazer cinema.



Agradecemos:



ao CASARTI pelo grande apoio.



as Padarias Estrela da Vila e Padaria e Confeitaria da Vila pelo apoio na alimentação



a liberação do curta "Noite" para a exibição no dia pelo diretor Marcos Damag.



ao Hugo por apresentar seu filme surpresa.



a Eryk Rocha e Geraldo Sarno pelo diálogo constante sobre cinema



E por fim agradecemos ao Público pela participação.

Cinearte Grécia



Dia 26/06/2008, quinta-feira foi inaugurado o cineclube Cinearte Grécia no Núcleo de Arte Grécia, localizado na Escola Muncipal Grécia, próximo ao Largo do Bicão em Vila da Penha. Neste dia foi exibida uma programação dedicada ao público infanto juvenil do festival CINESUL. Depois da exibição das animações houve um debate com um representante do CINEDUC (Cinema e Educação). A partir de agora os próprios alunos vão ser os curadores, ou seja eles próprios vão selecionar os filmes a serem exibidos no cineclube. O cineclube Subúrbio em Transe apóia este projeto.


Vejam as fotos.

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Exibições na Lona e no Cineclube Sem tela

Cena do filme na Lona Cultural de Vista Alegre

O público conversando sobre o filme após a exibição.


Exibição no cineclube Sem Tela

O público atento no cineclube Sem tela.

O filme Alma Suburbana encerrou hoje na Lona Cultural João Bosco, em Vista Alegre uma série de exibições na Sessão Pipoca, promovida pela RioFilmes. Mesmo com a chuva e com o frio o público compareceu.



Na Semana Passada, quinta-feira Alma Suburbana foi exibido para um público bastante interessado no cineclube Sem Tela no Complexo do Alemão.



Agradecemos a todos pela presença.



vejam as fotos.

sábado, 14 de junho de 2008

Carta dos Direitos do Público

ou "Carta de Tabor"

A Federação Internacional de Cineclubes (FICC), organização de defesa e desenvolvimento do cinema como meio cultural, presente em 75 países, é também a associação mais adequada para a organização do público receptor dos bens culturais audiovisuais.

Consciente das profundas mudanças no campo audiovisual, que geram uma desumanização total da comunicação, a Federação Internacional de Cineclubes, a partir de seu congresso realizado em Tabor (República Tcheca), aprovou por unanimidade uma Carta dos Direitos do Público:

1. Toda pessoa tem direito a receber todas as informações e comunicações audiovisuais. Para tanto deve possuir os meios para expressar-se e tornar públicos seus próprios juízos e opiniões.

Não pode haver humanização sem uma verdadeira comunicação.

2. O direito à arte, ao enriquecimento cultural e à capacidade de comunicação, fontes de toda transformação cultural e social, são direitos inalienáveis.

Constituem a garantia de uma verdadeira compreensão entre os povos, a única via para evitar a guerra.

3. A formação do público é a condição fundamental, inclusive para os autores, para a criação de obras de qualidade. Só ela permite a expressão do indivíduo e da comunidade social.

4. Os direitos do público correspondem às aspirações e possibilidades de um desenvolvimento geral das faculdades criativas. As novas tecnologias devem ser utilizadas com este fim e não para a alienação dos espectadores.

5. Os espectadores têm o direito de organizar-se de maneira autônoma para a defesa de seus interesses. Com o fim de alcançar este objetivo, e de sensibilizar o maior número de pessoas para as novas formas de expressão audiovisual, as associações de espectadores devem poder dispor de estruturas e meios postos à sua disposição pelas instituições públicas.

6. As associações de espectadores têm direito de estar associadas à gestão e de participar na nomeação de responsáveis pelos organismos públicos de produção e distribuição de espetáculos, assim como dos meios de informação públicos.

7. Público, autores e obras não podem ser utilizados, sem seu consentimento, para fins políticos, comerciais ou outros. Em casos de instrumentalização ou abuso, as organizações de espectadores terão direito de exigir retificações públicas e indenizações.

8. O público tem direito a uma informação correta. Por isso, repele qualquer tipo de censura ou manipulação, e se organizará para fazer respeitar, em todos os meios de comunicação, a pluralidade de opiniões como expressão do respeito aos interesses do público e a seu enriquecimento cultural.

9. Diante da universalização da difusão informativa e do espetáculo, as organizações do público se unirão e trabalharão conjuntamente no plano internacional.

10. As associações de espectadores reivindicam a organização de pesquisas sobre as necessidades e evolução cultural do público. No sentido contrário, opõem-se aos estudos com objetivos mercantis, tais como pesquisas de índices de audiência e aceitação

Tabor, 18 de setembro de 1987

domingo, 8 de junho de 2008

Alma Suburbana em Cabo Frio

O filme "Alma suburbana" está na mostra Novos Nomes do festival Curta Cabo Frio.

O documentário será exibido:

Auditório UVA
Dia 11 de Junho quarta-feira
10h

2º distrito
12 de Junho quinta-feira
18h30

terça-feira, 3 de junho de 2008

Alma Suburbana nas Lonas Culturais

Oi gente, lembram que eu havia dito que teriamos novidades em breve, então elas chegaram!
Durnate o mês de junho o Alma Suburbana irá percorrer o circuito das Lonas Culturais na programação da Sessão Pipoca, como ainda há um mes inteiro pela frente vou colocar a programação toda, mas ressalto que semanalmente haverá um lembrete atualizado.

Anotem ai e se programem:
Todas as sessões serão às 19h

*Herbert Viana
5/jun-Quinta
Rua Ivanildo Alves s/n. Maré
3105-3579/7139

*Sandra de Sá
6/jun-Sexta
Pça do Lote, 219. Santa Cruz
2394-0175

*Renato Russo
10/jun-Terça
Pça Manuel Bandeira, s/n. Ilha do Governador

*Hermeto Pascoal
11/jun-Quarta
Pça 1 de maio, s/n. Bangu
3332-4909

*Gilberto Gil
12/jun-Quinta
Av. Marechal Fontinelli, 5.000. Realengo
34620774

*Terra
17/jun-Terça
Rua Marcos de Macedo, s/n. Guadalupe
3018-4203

* Jacob do Bandolim

18/jun-Quarta
Pça do Barro Vermelho, s/n.Pechinha. Jacarepaguá
2425-4579

*Carlos Zéfiro
19/jun-Quinta
Estr, Marechal Alencastro, s/n. Anchieta
3355-4318

*Elza Osborne
23/jun-Segunda
Estr. Rio do A, 220. Campo Grande
3406-8552/ 8434

*João Bosco
24/jun-Terça
Av.São Félix, 601. Vista Alegre
2482-4316

Por ora é só,
Até a próxima!












domingo, 1 de junho de 2008

Nzinga no Subúrbio em Transe

O filme gerou um excelente debate que durou até na hora das fotos.
Octávio bezerra ainda estava falando quando foi clicado.

Octávio Bezerra e a galera do Subúrbio.

Octávio bezerra assiste ao filme Resistência da Lua, também dirigido por ele. Este filme antecedeu o "Atabaque Nzinga".

Conversa acalorada após o debate entre Octávio bezerra e Henrique.

Debate.

Brinde ao Cinema Nacional.


A última exibição do Subúrbio em transe contou com a presença de Octávio Bezerra, diretor do filme Atabaque Nzinga. O debate foi excelente. O público, que lotou o cineclube, participou efetivamanete com comentários e críticas, as quais foram respondidas com tom apaixonado pelo cineasta, também diretor dos filmes "Uma Avenida chamada Brasil"; "A dívida da vida", entre outros. Nós do Subúrbio em transe agradecemos a presença de todos e aproveitamos para lembrar que no útimo sábado de junho, 28/06/2008 será exibido o filme "Geraldo Sarno: "Eu carrego o cinema dentro de mim", de Eryk Rocha. Contamos com a presença de todos.






Vejam as fotos da exibição do filme "Atabaque Nzinga".







sexta-feira, 30 de maio de 2008

Infomação

Rafael apresentando o filme.

Eu e Leonardo em Nova Iguaçu.

A platéia em Nova Iguaçu.
Os preparativos para o debate na Gama Filho.


A mesa composta pelo Mediador Marcelo, eu, Hugo e Leonardo.

Imagem do filme Alma Suburbana na tela gigante do Sesc de Nova Iguaçu.

Dia 31/05/2008, próximo sábado, às 16h será exibido no CASARTI (Rua Ponta Porã, 15) o filme Atabaque Nzinga. Não percam.





No dia 28/05/2008, quarta nós do Subúrbio em transe (Eu, Hugo e Leonardo) estivemos em uma mesa na semana de Geografia da Gama Filho. Foram exibidos alguns curtas produzidos no Núcleo de Arte Grécia e houve um ótimo debate.





Vejam as fotos.










Hoje, dia 29/05/2008 apresentamos o filme Alma Suburbana no Sesc de Nova Iguaçu para uma platéia composta de alunos de um pré-vestibular. O debate foi excelente e depois do filme tivemos o privilégio de assistirmos dois professores falarem sobre a História e a Geografia da Baixada Fluminense. Agradecemos ao Rafael pelo convite.


Vejam as fotos do envento.




Alma Suburbana no SESC

Galera,

Gostaria de avisar que a exibição do filme Alma Suburbana no SESC de Nova Iguaçu foi um sucesso com um publico aproximado de 500 pessoas. O debate como sempre foi caloroso e muito proveitoso para nós realizadores e principalmente para os alunos de Pré-vestibular que assistiram ao filme e que com certeza tiraram algo de proveitoso do para suas vidas, que era um dos propósitos do filme.

Em breve mais artigos sobre assuntos que surgem nos debates!

Lembrando que mais de 1200 pessoas já assistiram ao Alma Suburbana. E já temos uma próxima exibição!!!

Quinta-feira, 19/06/08, às 18h
CINECLUBE SEM TELA
Praça do terço s/n - Nova Brasília/ Complexo do Alemão


Abraços.

sábado, 24 de maio de 2008

Parada do Estação Suburbana

Oi gente estou aqui para comunicar "pessoalmente" da parada do Estação Suburbana na Rayyzes FM. Há possibilidade de ir para outra rádio, mas por ora nada concreto. Obrigada pelo incentivo e apoio direto ou indireto de todos.

Fiquem de olho, pois o Alma Suburbana está com novidades quentíssimas. EM BREVE!!!

Por ora é só até a proxima.

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Animamundi

É com muito orgulho que informo que a animação "O Sol e a Chuva" da pequena cineasta Laura Bezerra Lima, de apenas 8 anos de idade, foi selecionada para o festival mundial de animação Animamundi. Foram mais de 1200 inscritos do mundo todo. É bom saber que a Vila da Penha e o Subúrbio, de maneira geral, estão bem representados.

Aí vai o link.

http://www.animamundi.com.br/fest_mat.asp?cod=46

domingo, 11 de maio de 2008

casarti - 2 anos





O cineclube Subúrbio em Transe realizou, neste domingo na Lona Cultural de Vista Alegre, um evento para comemorar os dois anos de atividades do Casarti - Casa do Artista Independente. Este evento contou com exposição de artes plásticas, exibição de curtas, poesia e música. Parabéns Casarti. Parabéns Flávio e Massari pela iniciativa.


Vejam as imagens do evento.


Cinema na esquina






Vejam mais imagens da exibição no Papo de Esquina.